quarta-feira, abril 09, 2008

Notícia(s)

Hoje, pelas 18.30h, Maria Lúcia Lepecki apresenta na Biblioteca Nacional, em Lisboa, o escrito Lavagante, de José Cardoso Pires, editado postumamente pela recém-surgida edições nelsondematos. Na mesma ocasião, a BN assinala a recepção do espólio do escritor, doado pelas suas Herdeiras.
Já amanhã, mas em Évora, estreia no Teatro Garcia de Resende «Memórias de Branca Dias», de Miguel Real, adaptado por Filomena Oliveira. Permanece em cena até dia 4 de Maio.

(A avaliar pelo estudo sobre blogs divulgado ontem no DN, e que não vi comentado em blog nenhum, acho que estas notícias são bastante ociosas. Pois tanto melhor...)

Etiquetas: , ,

3 Comments:

Blogger Ana Almeida disse...

Carlos: pode dar-me o link para ler a noticia do DN?

8:08 da manhã  
Blogger João Miguel Almeida disse...

Eu n�o li a not�cia no blogue em que tamb�m escrevo, mas o registo destes acontecimentos s� nos honra. Gostei dos discursos do Ministro da Cultura e do director da BNP, mas achei magn�ficos as interven�es de Ana Cardoso Pires, Nelson de Matos e Lucia Lepecki, que alia o saber acad�mico com uma estraordin�ria capacidade de comunica�o, muito brasileira. As calorosas salvas de palmas foram muito merecidas. A leitura de dois excertos do �Lavagante� pela Lia Gama foi a �cereja em cima do bolo�.

12:00 da tarde  
Blogger CLeone disse...

Vivas
pronto, obrigado pelo interesse, a notícia é esta:


Apenas um quinto da população portuguesa sabe o que é um blogue

Um sétimo da população nacional que navega na Internet construiu e mantém um blogue. Esta é uma das conclusões do estudo Bloguers e Blogosfera.pt, do OberCom.

"O relativo desconhecimento da existência da blogosfera" é um traço que caracteriza a sociedade portuguesa, afirma a análise. Na verdade, apenas um quinto da população sabe o que é um blogue. Quanto aos internautas, metade sabe o que é um blogue.

Entre os que navegam na Rede, a visita à blogosfera é uma prática ainda pouco enraizada. Cerca de 23,6% costuma navegar na blogosfera e apenas 14% construiu e mantém um blogue. O estudo conclui contudo, que "não se observa uma desproporção muito acentuada entre bloguers que navegam e bloguers que produzem conteúdos", existindo uma proporção de 5,8 produtores para cada 10 consumidores.

Os conteúdos mais procurados pelos produtores e pelos consumidores dos bloguers são muito similares. No topo das preferências de ambos está a procura sobre determinado assunto e, em segundo lugar, saber mais sobre um assunto da actualidade noticiosa.

Os temas dos blogues mais procurados são muito diversificados. No topo, está o entretenimento, com 41%. Os blogues sobre a vida pessoal de um círculo restrito de pessoas e os blogues sobre comunicação e cultura ocupam o segundo e terceiro lugares, respectivamente.

No que diz respeito ao conhecimento sobre quem são os autores dos blogues consultados, um quinto dos bloguers portugueses revela desconhecer os autores. O desconhecimento sobe dos 17% para os 24%, quando os internautas são apenas consumidores.

Entre os bloguers que conhecem a identidade dos autores dos blogues que consultam, os exclusivamente consumidores frequentam mais blogues produzidos por pessoas que fazem política activa, professores do ensino secundário e superior e comentadores dos mass media. A pluralidade de vozes da blogosfera, em simultâneo com a diversidade temática, são as características mais frisadas pelos internautas que participaram no estudo.

A existência de blogues é vista pelos bloguers das mais variadas maneiras: como fonte de informação e formação da opinião, como uma colectânea de diários pessoais online ou como clubes de partilha de interesses comuns.

Em termos etários, a faixa mais produtora de blogues é a dos 8 aos 17 anos com 39,9%, enquanto a que mais consome é a dos 18 aos 24 anos (29,9%).

Na sua maioria são homens, escolarizados e estudantis. Este perfil aproxima-se do internauta comum, principalmente se relacionado apenas com o leitor-consumidor de blogues, avança ainda o mesmo estudo. - A.B.F.

4:06 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home