domingo, novembro 04, 2007

Leituras para a malta

Desde cedo achei que devia ler muito, tudo o que me caísse nas mãos e não apenas o que os outros me dissessem ser bom. Porém, não leio tanto como podia e sou por vezes surpreendido pelo que os outros lêem. Segundo consta, o Vasco Pulido Valente escreveu uma crónica nos anos 80 declarando que, em férias, entretinha-se a ler a lista telefónica vestido de pijama. Ao ver a reportagem na televisão sobre os seis meses de desaparecimento da Maddie fiquei a saber que a polícia encontrou no apartamento dos MacCann um manual de ocultação de cadáveres. A reportagem não esclareceu se o livro tinha parte sublinhadas e post-its com notas. Nenhum dos cônjuges, como é óbvio, leu o livro com o objectivo de saber o que um eventual assassino da filha podia ter feito ao seu corpo, pois ambos estão convencidos de que Maddie está viva e provavelmente em Marrocos. Há gente capaz de (ler) tudo.

Etiquetas: ,

1 Comments:

Blogger Fernando Martins disse...

Era qualquer coisa como a ler a bola, de pijama de flanela às riscas, à janela e a cuspir para a rua. É uma crónica de jornal que reproduziu, salvo erro, no Ás Avessas. Li e reli várias vezes e é um belo pedaço de prosa. Mas não tem nada a ver com "tudo ler". Um abraço e continuação de bons "posts".

6:40 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home