segunda-feira, dezembro 11, 2006

U2, Mothers of the Disappeared, 1987 [Argentina 2006]

Sim, esta canção foi composta a pensar nas mães da Plaza de Mayo, as que perderam rasto aos argentinos desaparecidos por altura do golpe de Videla e Galtieri, em 1976. Mas são os chilenos que, ao contrário de Doña Lucía Hiriart Rodriguez, filhos e netos, nunca poderão enterrar os seus, me ocupam o espírito.

3 Comments:

Blogger hmbf disse...

É o post mais lógico que li sobre o assunto. Em poucas palavras, diz tudo.

7:32 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Acho que não existe em video, mas existe em MP3, um concerto em Santiago do Chile de há uns anos atrás, muito mais arrepiante que este video.
Durante o "Mothers" sobem ao palco muitas mães que dizem o seu nome e o dos seus filhos que desapareceram.

11:19 da manhã  
Blogger Ana Cláudia Vicente disse...

Henrique,
não sei se é lógico, se é figadal, imaginar o que será estar no lugar de quem foi tratado como se nada valesse.

Anónimo,
verifiquei que existe também um excerto do vídeo que refere, no Youtube (http://www.youtube.com/watch?v=WagIZjk9cqc); bem como algumas palavras da banda sobre a concepção da canção, e com a passagem por Santiago (http://www.youtube.com/watch?v=NbfWlAce8z8).

8:43 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home