terça-feira, setembro 19, 2006

Sol, 1 - Bold But Not Beautiful

No sábado consegui à justa um exemplar do novo semanário português. Não é todos os dias, nem sequer todos anos, que se apresenta a oportunidade de ler o primeiro número de um título de imprensa. Aproveitei-a, atraída pelo objectivo que este se propõe cumprir - e que será a sua sorte ou danação -, o de sabatino-de-referência-alternativo-ao-Expresso, como também pela quantidade massiva de publicidade a que estive exposta (depois de passar diariamente por três dezenas de mupis, não pude deixar de pagar para ver).
De imediato, o frontíspicio impõe-se-nos: o seu logótipo é diferente dos que conhecemos e aos quais estamos habituados, o seu colorido é arrojado, desperta a atenção. Mas em vez de ser claro é de difícil leitura, de um bambinismo que não nos remete para o que quer que seja que associemos ao universo da imprensa. Suspeito, é certo, estar a tentar racionalizar o facto de que ele me parece simplesmente muito feio. (cont.)
[Foto: Barlavento]

2 Comments:

Blogger João Miguel Almeida disse...

Parece que o Sol traz uma novidade gráfica: a cor do logótipo vai mudar com as estações do ano de modo a nunca nos esquecermos em qual é que estamos. Uma vantagem para os distraídos como eu. Infelizmente, basta-me espreitar para a banca dos jornais para saber quando chegou o Outono :)

10:24 da manhã  
Blogger Ana Cláudia Vicente disse...

Novidade gráfica será; talvez inspirada naqueles galos de Barcelos em esponja que mudam de cor quando está de chuva? :)

9:46 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home