domingo, maio 28, 2006

À primeira vista

No primeiro de Abril deste ano o canal internacional da Rede Record substituiu o GNT Portugal na selecta a cabo portuguesa, sem mais nem quê. Ou melhor, por uma questão de de preço. É possível, pois, desde esse dia, televisionar no canal de Edir Macedo o espaço de programação consagrado à Igreja Universal do Reino de Deus, ao princípio e fim do dia. Que um medium na posse de uma instituição religiosa emita programação dessa natureza parece-me perfeitamente normal, agora que faça acção pastoral num décor de telejornal, isso já me parece muito estranho. Quase tão estranho quanto o facto de o último número da Plenitude - que inundou por estes dias as caixas de correio da Grande Lisboa - ostentar um formato gráfico insolitamente semelhante ao da Visão. Ninguém me acompanhará nesta estranheza?

3 Comments:

Blogger sabine disse...

Ja leio a Plenitude à algum tempo e é de facto estranho. Mas a ideia é essa mesma: atraves do grafismo (e do conteúdo) confundir as pessoas! Já ouvi falar (boatos...) que a igreja catolica se prepara para fazer algo semelhante.

4:52 da tarde  
Blogger Ana Cláudia Vicente disse...

Sabine,
nesse caso pergunto-lhe: o tal grafismo "clone-da-Visão" é coisa de há muito, ou é recente? É que eu não conhecia a "Plenitude", e quando lhe peguei e a folheei fiquei mesmo surpresa. Não fiquei com o exemplar, mas, se bem me lembro, não há sequer identificação de natureza religiosa na capa (coisa que NÃO acontece com as publicações católicas ou de outras confissões, cristãs e não só, que conheço).A semelhança vai até à organização das colunas, à paginação, à tira de cartoons ; impressionante.

4:03 da tarde  
Blogger sabine disse...

Desde q eu a comecei a ver, o grafismo tem-se mantiso - desde à + ou - 1 ano, creio.

5:03 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home