terça-feira, fevereiro 07, 2006

Humor dinamarquês

Há três anos viajei pela Dinamarca e visitei Bornholm, uma ilha na qual os dinamarqueses parecem ter especial orgulho. «Cosy» foi o adjectivo que uma menina do turismo usou para a descrever. É um pedaço de terra tranquilo e crivado de bandeiras dinamarquesas. Descobri as razões de tanto patriotismo: durante a II Grande Guerra os nazis lutaram ferozmente pela ilha e abriram caminho a um ano de ocupação soviética.
Comprei um bilhete para uma viagem de barco destinada a visitar outra ilha ainda mais pequena: Christianso. O barco não apareceu à hora marcada. Um dinamarquês de cabelos brancos explicou, a rir, ao grupo de turistas por que é que o não era possível visitar a ilha. Riram-se muito e aceitaram a devolução do dinheiro, muito divertidos, como se a história fosse uma espécie de bónus humorístico. Eu não sei línguas nórdicas e servi-me do inglês para perguntar ao homem o que se passava.
- Ah, peço muitas desculpas, – respondeu-me, quase sem conseguir conter uma gargalhada – é que um tipo do barco caiu ao mar.
- O que é que lhe aconteceu ?
- Não sei, ainda não o encontraram.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home