quarta-feira, novembro 29, 2006

As linhas de Deus


Bento XVI foi à Turquia mostrar a sua satisfação por este país ter seguido o modelo da França e da sua constituição laica. Daí concluiu: «o diálogo entre a razão europeia e a tradição muçulmana está inscrito na existência da Turquia moderna.» Para não se ficar por declarações de princípio, afirmou desejar que a Turquia fizesse parte da Europa. Como chegou aqui partindo das premissas do discurso de Ratisbona e das suas reticências, enquanto cardeal, à integração europeia da Turquia? Talvez, apesar das virtudes teológicas da racionalidade, não seja de desprezar a sabedoria popular portuguesa: «Deus escreve direito por linhas tortas...»

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home