quinta-feira, novembro 23, 2006

Propostas de discussão

Numa entrevista dada ao Le Monde, José Saramago queixa-se da indisponibilidade existente no mundo de hoje para discutir a democracia. Em nome da defesa da dita, propõe que a discussão se faça “internacionalmente.” Faz bem! O problema é que o nosso Nobel nada quer discutir. Da proposta de discussão passa para a conclusão de que “certamente” o resultado só poderia ser um: que “não vivemos em democracia” e que a democracia não passa de uma “fachada” (ou vice-versa).
Num texto escrito há dias no seu blog, Pedro Mexia parecia querer convencer-se de que “A libido retira-nos sensatez” e que essa era “a única razão por que” queria “chegar a velho.” Lendo e ouvindo José Saramago, Lobo Antunes ou outros velhotes notáveis que andam por aí, ficamos cada vez mais com a certeza de que não será sequer com a velhice que ganharemos “sensatez”… já para não falar na perda da “libido.” A não ser que a sensatez, e muito menos a libido, não sejam aquilo que pensávamos e que sentíamos que eram.

1 Comments:

Blogger João Miguel Almeida disse...

É pá, o Pedro Mexia ainda vai ficar mais deprimido...

9:29 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home