quinta-feira, outubro 05, 2006

Dá pena!

Há duas coisas que faltam à “rádio portuguesa”: originalidade e qualidade. A nova programação da manhã na antena 2 é de bradar aos seus. Na Antena 3, à mesma hora, safava-se o “Há vida em Markl” que não sei se ainda vive e umas entrevistas diárias (?) ao fim da tarde. De resto, na dita, ouvia-se música exactamente igual àquela que passa noutras rádios comerciais que se escutam em qualquer parte do país e do mundo. A Rádio Renascença tem uma “Bola Branca” sportinguista para contrabalançar os noticiários desportivos benfiquistas nas outras rádios de “referência”. E não sabe o que quer ser. Se uma rádio católica de qualidade com magazines, debates e noticiários ou uma programadora de temas e músicas de onda média dos anos 80 com tiques dos anos 60. A Antena 1 criou há um par de anos uma coisa original chamada “fórum da TSF”. A TSF, por seu lado, que já morreu há muito tempo, tenta todos os anos ressuscitar. Esta temporada, que começa precocemente quase em meados Outubro (até parece uma rádio pública), oferece-nos uma grelha delirante, ao menos de acordo com notícia do DN. Aos tradicionais e muitas vezes penosos e deprimentes “cromos”, juntam-se outros cinco cheios de ideias originais e comentários que de antemão nem imaginamos quais possam ser. E depois há o resto!
Eu tenho pena da rádio portuguesa. Os profissionais da rádio e os seus donos pelos vistos não têm! Gostam dela assim.

1 Comments:

Blogger @ disse...

E tivesse de passar horas num atelier com costureiras a ouvir a Rádio Festival e estaria aqui a dar conta de uma verdadeira catástrofe!

1:04 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home