sexta-feira, agosto 11, 2006

Gunter Grass para os imprecatados


Escritor difícil, ambíguo, confessa na sua autobiografia que serviu nas SS durante a Segunda Guerra Mundial. A ler mais aqui. O resto só na edição integral que em Portugal talvez alguém se encarregue de traduzir e publicar. De qualquer modo a confissão recorda-nos que a Segunda Guerra Mundial ainda anda por aí. Digo isto pensando nos mais imprecatados.

1 Comments:

Anonymous Maquiavel da Silva disse...

Mais vale tarde que nunca, mas sempre teve mais coragem do que o Heidegger.

12:47 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home