sábado, julho 05, 2008

A singularidade lusa

Sem a ambição de querer retratar o país real, coisa que aqui já foi feita pelo Jorge, este post pretende tão somente recordar momentos esquecidos e, também eles, parte da nossa portugalidade. Recostem-se e apreciem: convosco Julio Miguel e Lêninha com o tema "O Filho do Recluso".

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home