sexta-feira, novembro 23, 2007

Quando os animais falam de política

Há animais políticos e animais que falam de política. E também animais políticos que põem animais de outra espécie a falar de política. Quando Rosa Luxemburg foi fuzilada, Lenine comentou: «Já vi águias a voar tão baixo como galinhas, mas nunca vi uma galinha a voar tão alto como uma águia.». Rosa, fique entendido, era uma águia. Umas décadas mais tarde, George Orwell cunhou no Triunfo dos Porcos o célebre «todos os animais são iguais, mas uns são mais iguais do que outros». Hoje, em declarações ao Rádio Clube Português sobre o orçamento de Estado para 2008 e o estado da economia, Miguel Cadilhe renovou a retórica política de inspiração animalesca: «Às vezes uma lesma anda mais depressa, mas não deixa de ser uma lesma».

Etiquetas: ,

1 Comments:

Anonymous Anónimo disse...

Rosa Luxemburg, e não Rosa "do" Luxemburgo.

E ela não "faleceu". Foi fuzilada.

LL

12:21 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home