domingo, julho 01, 2007

Almanaque do Povo

Parabéns: ao Adufe, por quase trinta anos de blogosfera, e ao Memória Virtual, por outros tantos.

O Bombo e a Festa: Quando há uns anos se inaugurava um acontecimento ao ar livre, arranjavam-se uns pára-quedistas que depois aterravam no sítio (mais ou menos) marcado envoltos por uns fumos coloridos. Em opção, punham-se em cena acrobatas, fazia-se desfilar a fanfarra do distrito. Hoje têm mesmo de ser sempre mas sempre mas sempre os Tocá Rufar?

Blogues que não conhecia, passei a conhecer, e gostei: Há Mouro na Costa, de António Dias , Doc Log, de Leonor Areal, e Ainda Não Começámos a Pensar, de André Dias.

Chinoiserie: Sabiam que chá vermelho é exactamente a mesma coisa que chá preto? Eu soube hoje: chá vermelho é a designação comum dada pelos orientais às folhas de camellia sinensis que passaram por um o processo completo de oxidação (ao contrário do branco, que não oxida de todo; do verde, que apenas é seco a vapor; do oolong, que é semi-oxidado; e do pu-erh, que é fermentado).

Etiquetas:

5 Comments:

Anonymous Anónimo disse...

Não: "chá vermelho", na nossa linguagem - e não em chinês - é uma tisana feita com folhas de rooibos (palavara afrikaner que significa literalmente "arbusto vermelho"), um arbusto que cresce nos semi-desertos a norte do Cabo da Boa Esperança. Ou seja, chá vermelho é feito com uma planta que nada tem a ver com a Camelia Sinensis que dá o verdadeiro chá (o chinês ou indiano).

O chá vermelho é uma tisana muito popular na África do Sul, e foi para cá trazida pelos indianos desse país. Hoje em dia vende-se chá vermelho em qualquer loja. Não sendo oriundo da Camelia Sinensis, não tem as propriedades estimulantes do verdadeiro chá.

Luís Lavoura

11:43 da manhã  
Blogger Rui MCB disse...

Muito obrigado :-)

4:57 da tarde  
Blogger Ana Cláudia Vicente disse...

Caro Rui, obrigada diz quem te lê!

Caro Luís Lavoura,
não como?

É também do meu conhecimento que (sobretudo os anglófonos) chamam chá vermelho à infusão herbal a que se referiu; aliás o chamado "chá vermelho sul-africano" é marca registada, usada mesmo cá, sobretudo pelos asmáticos.

Contudo, tão facto quanto isso é o facto de os chineses chamarem literalmente em mandarim "chá vermelho" à camellia sinensis longamente oxidada. E disto estou positivamente segura, e qualquer livro da especialidade o confirma. A lata vermelha ali em cima, na foto, destinava-se a reforçar isso mesmo.

1:53 da manhã  
Anonymous aNtonio disse...

Obrigado Ana ou como se diz por aqui kiitos :-)

Ando tão distraído da lide no mouro na costa que só agora me dei conta.

9:37 da tarde  
Blogger Diogo disse...

Durão Barroso - um indivíduo com as mãos sujas de sangue

10:38 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home