quinta-feira, agosto 17, 2006

"[...] o peso dum Sábado solitário, esquecido no interior da Europa."


Numa carta que Pedro Theotónio Pereira enviou ao seu muito amigo Marcello Caetano, fez-lhe um retrato breve de uma parte da cidade Zurique onde se encontrava alojadp nos três quatro meses qie passou em Zurique estagiando numa seguradora de renome. Descrevia-lhe o comportamento dos seus habitantes num Sábado outonal ao fim da tarde. Nele deixava transparecer a sua admiração pelos valores sociais cultivados pelos helvéticos, mas era também evidente – demasiadamente evidente talvez – o culto da saudade da terra portuguesa.
"Aos Sábados, tem-se aqui a tarde livre.Por regra toda a gente abala para as montanhas de farnel às costas ou pelo menos todas que se cruzam na rua vão equipados como o velho Tartarin, com a picareta e as botas ferradas. Eu fiquei umas horas a escrever, gozando o cachimbo da paz. Saí já com as primeiras sombras e encaminhei estes exilados passos para a parte da cidade que me fica da banda de lá do lago, trepando em ruas velhas pelo monte: mas estas acabam logo, limitadas à antiga Zurique que pouco se afastava da sombra das altas torres da Catedral Católica. A seguir, as ladeiras são mais floridas que as do Monte Estoril, e as casas, quase todas de gente modesta, são de estremecer. As janelas, largas e baixas molduradas de sardinheiras vermelhas como as nossas, cortinas muito brancas mesmo nas mais pobres, um tufo de trepadeira abraçando um balcão de alpendre envidraçado e os telhados de ardósia negros, a prumo, por onde a neve escorre no inverno…Fui jantar a um restaurante de estudantes com menus a 3 preços, franqueza larga e nada de cerimónias. Todos muito correctos mastigando as suas salsichas e só dum grupo de italianos numa mesa, falavam alto e contendiam com as criadas. Voltei para o quarto, acendi o candeeiro e deixei-me cair numa cadeira como se me esmagasse todo o peso dum Sábado solitário, esquecido no interior da Europa." [“Carta de Pedro Theotónio Pereira para Marcello Caetano.” 3 de Outubro de 1925 (documento n.º 9). Arquivo Marcello Caetano (AMC), Correspondência, PEREIRA, Pedro Teotónio, Caixa 44, n.º 1-34.]

2 Comments:

Anonymous max @ Devaneios Desintéricos disse...

Um apontamentozito: a foto não é de Zürich, mas sim de uma outra cidade suíça: Lucerna...

3:23 da tarde  
Blogger Fernando Martins disse...

Obrigado. O Google às vezes engana e é enganado. Por mim, só espero não ter sido o último a saber!

4:08 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home