quinta-feira, junho 08, 2006

Bestiário II - cão


Caro Bruno,

Concordo contigo acerca das excelentes intenções do grupo do PSD em propor comemorar um dia do cão. Mas talvez seja possível interpretá-las de outra maneira, como uma irrupção poética no campo político. Daí serem possíveis leituras diversas da proposta, incluindo a de irritados correligionários.
A minha interpretação é a seguinte: trata-se de mais um projecto do famoso pacote destinado a elevar a auto-estima dos portugueses. O ponto não é haver um só dia do cão, mas, engrandecendo o dito, proporcionar uma elevação moral a todos os que se sentem abaixo dele. O objectivo será permitir a um under dog dizer para os seus botões: «sim, está bem, a minha vida está abaixo de cão. E depois? Não é nada má a vida de um canídeo. Têm um dia para eles e tudo. Há empresários norte-americanos que vêm cá mandar vir connosco. Há africanos das ex-colónias que não nos gramam. Há brasileiros discutindo as vantagens da colonização do Brasil pelos holandeses. Ser eles também quiserem um dia terão de mudar de atitude. Nós somos gratos aos nossos fiéis amigos. A caravana não passa e os cães não ladram. Sinto-me reconfortado, quando, uma vez por ano, vejo tantos cães na rua e nos ecrãs, a lamber os donas e a abanar as caudas.»
Apesar de reconhecer os méritos intrínsecos na proposta, acho que podia ser melhorada. Falar do dia do «cão» insinua uma discriminação de género. O que é que têm contra as cadelas? Um dia tem 24 horas. Por que não reservar o período da meia-noite ao meio-dia aos canídeos femininos?
Fonte da imagem: Bonecos animados

1 Comments:

Blogger Carlos disse...

Há ideias que devem ficar no tinteiro ou pelo menos pensar na oportunidade delas, no significado induzido, trocar ideias com alguns amigos... Se assim tivesse feito, o Guedes não tinha corrido o risco da restante bancada PSD se ter demarcado da iniciativa, e do "melhor amigo" ter ficado sem o dia.
Na verdade os cachorros preferem umas festas e que não os abandonem a serem o animal privilegiado por um dia ...

5:42 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home