terça-feira, abril 25, 2006

Duas perguntas!

Porque é que se comemora o 25 de Abril?
O que é que se comemora no 25 de Abril?
P.S.: Quem é o cidadão boçal que está a fazer o discurso de comemoração do 25 de Abril na qualidade de deputado do Bloco de Esquerda?

7 Comments:

Blogger Carlos disse...

Para uns foi o início duma bela vida. Saídos do anonimato françes, chegam como heróis e salvadores da pátria, e aboletam-se de boas casas, bons vencimentos, família colocada, poleiros perpétuos.

Para outros foi o assistir à destruição do tecido económico financeira e social, embalados pela promessa de melhor vida, em troca do voto de permanência da nova ditadura dos partidos.

Prefiro a falta de data comemorativa dos espanhóis, e a sua mais acertada opção pelo reformismo e passagem sem sobressaltos da ditadura para uma Liberdade e nível de vida superior ao português.

1:22 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

O que é que se comemora no 25 de Abril?
Comemora-se, por exemplo, o facto de voce poder estar aqui a exprimir a sua opiniao sem sofrer qualquer tipode censura, prévia ou posterior

3:00 da tarde  
Anonymous M disse...

...

3:26 da tarde  
Blogger Chico Esperto disse...

comemora-se a queda de um regime fascista onde não era permitido fazer perguntas deste teor..., caíu o regime, mas os fascistas andam por aí...

6:40 da tarde  
Anonymous Cristina Ribeiro disse...

Penso que o facto de passar a haver Liberdade foi um passo em frente,mas o que veio depois,tem sido uma tragédia...

6:47 da tarde  
Anonymous Fernando S disse...

Positivo : o fim da ditadura e a instauração da democracia.
Negativo : o grande desperdicio que foi o PREC e a descolonização "exemplar".
Globalmente : apesar de tudo, balanço positivo. Julgo que ninguem admite hoje sériamente que o pais teria podido continuar por muito mais tempo sem uma democracia pluralista e partidaria. Claro que a mudança de regime poderia ter sido feita de outro modo (exemplo : Espanha). Mas não é certo que se teriam assim podido evitar muitas das consequencias negativas.
Passaram entretanto mais de 30 anos.
Julgo que os problemas e desafios de hoje ja pouco tem a ver com o 25 de Abril de 1974.

11:18 da manhã  
Blogger Frederico Navarro disse...

Acho que as revoluções fazem bem. São como uma sangria que ajuda a limpar a maldade, uma purificação! O problema reside nas alternativas que possam surgir como salvadoras. Nunca sabemos quais os verdadeiros intuitos daqueles que se apresentam como opções válidas. E quando temos várias facções em disputa pelo mesmo lugar, os seus objectivos podem denegrir-se!

4:16 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home