segunda-feira, fevereiro 20, 2006

Época de caça à blogosfera?


Andrew Sullivan comenta: the blogosphere doom-mongers and critics are gaining traction. Não sei se estaria (também) a pensar em Pacheco Pereira e neste exercício de sociologia cultural aplicado à crítica da blogosfera (a que talvez volte depois). Mas refere dois textos. O mais interessante dos quais é este, publicado na revista do Financial Times e intitulado provocadoramente «Time for the last post?». Ao contrário de JPP não me parece que o texto seja um ataque violento e simplista aos blogues.

Curiosamente JPP usa a blogosfera para a criticar (como antes fazia com a imprensa). Não menos interessantemente o nosso amigo Trevor do FT cria um blogue para continuar a debater o assunto do futuro da blogosfera: quem quiser pode lá ir dizer de sua justiça (como eu fiz). E, last but not least, o magnífico Andrew Sullivan é um bom exemplo daquilo que o artigo do FT apelida de profissionalização da blogosfera, da sua absorção parcial pelos meios de comunicação tradicional - neste caso, o dinossáurio que é a Time Warner. Nem por isso, porém, Sullivan deixou de ser um blogger para passar a comentador impresso. Nada disto me parece mal. Mas mostra que as coisas não são tão simples como podem parecer.

Os blogues têm evidentes vantagens em termos de facilidade de publicação e de permitirem o debate ou a crítica instantânea. Não vejo por que é que desapareceriam. Mas também não os vejo a acabar com a imprensa profissional. A tendência na história dos media é para a multiplicação dos meios não para a sua substituição. A maturidade da blogosfera medir-se-á em parte pelo ultrapassar da versão heróica dos blogues como libertadores dos povos da velha e má imprensa, e pelo surgimento de uma visão crítica – nem apocalíptica, nem conformada – desta nova realidade.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home