segunda-feira, abril 28, 2008

A animalidade política de Santana

Goste-se ou não, Santana Lopes é o mais lídimo representante do animal político em Portugal. Depois de ter conquistado a liderança do governo com a saída de Durão Barroso, Santana mantém-se no poder até ao golpe fatal de Sampaio. Depois de se ver derrotado por Sócrates, Santana diz que vai andar por aí. À boleia de Menezes, Santana regressa como líder parlamentar do PSD numa bicefalia que muitos previram como altamente prejudicial para o político de Gaia. Assim foi. Agora Santana regressa, como candidato à liderança do PSD. Outra vez.

Tenho quase a certeza que Santana irá perder. Mas estou certo que, mais uma vez, este não será o seu fim. Qual Benjamin Linus, da aclamada série televisiva Lost, Santana parece guardar uma ilha que ninguém sabe onde existe. Contra tudo e contra todos. Numa espécie de política do umbigo. De caçar para si próprio. Um animal político. O verdadeiro rei da selva.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home