segunda-feira, abril 30, 2007

25 de Abril Devidamente Comemorado



Eu pensava que o golpe militar do 25 de Abril tinha tido como objectivo - veja-se o programa do MFA e o discurso da Junta de Salvação Nacional desse mesmo dia - a afirmação em Portugal de uma democracia à Europeia. Por isso, não vejo o que é a actual relativa falta de militância política radical destoe disso. (Não sei porquê, mas para o pessoal mais velho parece que a melhor medida do interesse pela política e da participação cívica é turbas e tanques na rua. Realmente "a juventude" é capaz de já não pensar assim).
Também não vejo o problema com o papel central de um parlamento democraticamente eleito (e dos partidos neles representados) nas comemorações da revolução. Bem pelo contrário: não foi para ele existir que se fez sobretudo o 25 de Abril?

25 de Abril sempre, ou seja, golpes a toda a hora e manifestações todos os dias, isso é que seria preocupante, e sintomático do seu falhanço, do fracasso dos objectivos primeiros do MFA.

Etiquetas:

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home