quinta-feira, março 23, 2006

A memória efémera dos SMS


Não é uma fatalidade que os progressos e as revoluções tecnológicas alimentem a cultura do efémero. A blogosfera é um bom exemplo. Aparentemente, o post é a arte da escrita instantânea. Mas também pode ser a arte de ligar textos antigos e uni-los numa teia fora do espaço e do tempo.
As caixas de emails têm limites. No entanto, nada nos impede de guardar emails que marcaram a nossa vida em discos rígidos do computador, disquetes ou CD-ROMs.
Não acontece o mesmo com os SMS. Pelo menos, para o utilizador comum. O que é trágico, pois não há registo mais próximo da nossa vida afectiva. A «caixa de entrada» podia chamar-se «espelho da alma». Reflecte tudo: o amor e a raiva, o inesperado e o banal. Por isso, há mensagens que apagamos com prazer e outras que vamos deixando ficar, como fogo-de-artifício cristalizado, tábua de naufrágio que não pode ser devorada pelo tempo, farol secreto de raras e cintilantes palavras.

3 Comments:

Anonymous José da Silva Maurício disse...

.
Olá BloGuista.
.
.
Informações Úteis às PESSOAS DAS CLASSES SOCIAIS Média, Média-Alta, Alta e Ricos (quer seja “PAGA-DôR de Impostos” ou “FUGI-DôR de Impostos”).
Alunos do Secundário e alunos Universitários.
.
.
Sabiam que:
.
.
*** EM CADA DOIS (2) ALUNOS UNIVERSITÁRIOS UM (1) NÃO ACABARÁ O CURSO !?!?!?!?!?!?!?!?!
.
.
Nota: Em ENGENHARIA É MUITO PIOR. Em cada quatro (4) alunos universitários três (3) não acabarão o Curso !?!?!?!?!?!?!?!?!
.
.
Ou seja. Dos alunos que entram nas Universidades e Politécnicos (Públicas ou Privadas) cinquenta por cento (50%) – não chega – a acabar o curso. A maior parte desiste nos 3 primeiros anos do Curso.
.
NOTA: Os Professores Universitários dos 3 primeiros anos deviam ter UM ORDENADO 3 a 4 vezes maior que os Professores Universitários do 4º e 5º anos. Porquê?
.
No total Duzentos e Vinte e Cinco Mil (225.000) alunos não terminarão o Curso. Logo Dinheiro do Estado e dinheiro das Famílias deitados ao lixo todos os anos (Mais de Quatro Mil e Quinhentos Milhões (4.500.000.000) de Euros anuais).
.
.
Nota Importante: E NÃO SE PREOCUPEM COM OS POBRES. Porquê?!?! Porque nas Universidades e Politécnicos (Públicos e Privados) há:
.
- Um por Cento (1%) de Pobres;
.
- Sete por Cento (7%) de Classe Média-BAIXA.
.
- Noventa e Dois por Cento (92%) de Classes Média, Média-Alta, Alta e Ricos. E SÃO ESTES QUE SÃO BURLADOS!!! Abram os Olhos!
.
.
.
*** Um Curso de cinco (5) anos é feito, em média, em oito (8) ou nove (9) anos!
.
.
? NÃO SE ACREDITAM NESTAS INFORMAÇÕES?:
.
Perguntem às Associações de Estudantes, aos Administradores dos Serviços de Acção Social, aos Reitores e aos Presidentes das Universidades e Institutos Politécnicos, tanto Públicos como Não-Públicos. Aos Políticos não vale a pena perguntarem! Eles já têm trabalho que chegue.
.
.
Última Hora (21.3.2006): Os Serviços de Acção Social da Universidade do Minho JÁ FIZERAM UM ESTUDO!
.
Ver Jornal “UMdicas”, http://www.dicas.sas.uminho.pt, Menu do lado esquerdo, “Arquivo do UMDicas” de 17.3.2006, página 3, “Factores Sócio-Económicos afastam alunos da Universidade”..
.
Em 13.723 (treze mil setecentos e vinte e três) alunos inscritos há 31 (trinta e um) alunos cuja Capitação Monetária Mensal é menor que (<) 0,25*S.M.N. (zero vírgula vinte e cinco vezes o Salário Mínimo Nacional).
.
Perguntem aos Professores de “Má-Temática” quanto é que é 31 em 13.723 em termos de Percentagem. Têm a percentagem de alunos pobres.
.
.
SOLUÇÕES SIMPLES:
.
i -- Fechem todas as Universidades e Institutos Politécnicos durante cinco (5) anos e ABRAM ESCOLAS SECUNDÁRIAS TÉCNICO PROFISSIONAIS COM ACESSO À UNIVERSIDADE.;
.
In “Livro aconselhado às Escolas Técnico Profissionais com acesso ao Ensino Superior”, http://eunaodesisto.blogs.sapo.pt/arquivo/2005_12.html#893945
.
.
E/OU ENTÃO,
.
.
ii -- AUMENTEM AS PROPINAS, anualmente, para CINCO (5) VEZES o SALÁRIO MÍNIMO NACIONAL (nos Institutos Politécnicos Públicos e nas Universidades Públicas).
.
Prova dos Nove contra os Aldrabões e Aldrabonas e a sua “Ladainha dos Pobrezinhos”:
.
Ver: “Alunos COM POSSES têm mais hipóteses no ENSINO (superior) PÚ-BLI-CO”, http://jn.sapo.pt/2004/08/22/sociedade/ha_portugal_cultura_facilitismo.html
.
.
NOTA: No Secundário, nos Externatos, pagam 1500 Euros anuais. Depois nas Universidades e Politécnicos só pagam 900 Euros. E QUERIAM QUALIDADE!?!?!? Ah, ah, ah, ah, ah, ah.
.
Ver: “Educação - Ano de estudos e 1400 euros deitados à rua” in http://www.correiodamanha.pt/noticia.asp?id=195703&idselect=10&idCanal=10&p=94
.
.
PROPOSTA DE MELHORIA:
.
Que a maior parte dos COLÉGIOS deixe de ministrar o Ensino Secundário GERAL (+/- igual a Palha com notas inflacionadas) e passe a ministrar o Ensino Secundário TÉCNICO-PROFISSIONAL. Com acesso ao Ensino Superior. É lógico!
.
.
OFERTA PELA DIVULGAÇÃO DESTE DOCUMENTO:
.
TODOS os Alunos PODEM E - DEVEM – Candidatar-se / Concorrer TODOS os anos à BOLSA DE ESTUDO nas Universidades e Institutos Politécnicos (Públicos e Não Públicos):
.
"Oh ALUNOS Portugueses III" - SUBSÍDIO ESCOLAR e BOLSA DE ESTUDO , 30 Abril de 2004 em http://eunaodesisto.blogs.sapo.pt/arquivo/2004_04.html#128423
.
NOTA: A BOLSA DE ESTUDO SERVE, entre outras coisas, PARA PAGAR AS PROPINAS aos alunos que não têm dinheiro suficiente para as pagar.
.
.
mauricio_102@sapo.pt

7:41 da tarde  
Anonymous O Indignado disse...

Haverá espaço para mais um indignado?

10:05 da manhã  
Blogger Ana Cláudia Vicente disse...

João, eis um post que me caiu no goto :)

3:43 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home