terça-feira, janeiro 27, 2009

Uma desilusão


O novo Woody Allen é de novo um filme menor, se bem que mais bem executado do que muitas coisas anunciadas com espavento que se sucedem nos ecrans. Talvez seja até esse o problema, é um filme executado quase friamente, como quem cumpre uma formalidade, em que os poucos traços «allenescos» estão pálidos e mortiços, com actores que cumprem o seu papel como autómatos, tudo inconsequente e demasiado longo (e isto num filme de hora e meia...). «Leaving New York is never easy», confirma-se.

Etiquetas: ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home