sexta-feira, julho 14, 2006

Recomendo...

... a "sauna da democracia" publicada ontem por Pedro Mexia no Diário de Notícias (via O Jumento). Só não sei se é para levar muito a sério.

3 Comments:

Blogger JSA disse...

Pode não ser para levar muito a sério, mas está bem escrita (como tudo do Pedro Mexia, aliás) e entretem, oq ue é mais que aquilo que os debates do Parlamento fazem.

1:54 da tarde  
Blogger Fernando Martins disse...

Também elogio a qualidade da escrita. O problema é que Pedro Mexia parece não querer ou não poder reconhecer que a qualidade de uma democracia e de um parlamento são sempre o reflexo da qualidade do país. Não querendo pôr na cabeça de Pedro Mexia ideias que poderão não ser as suas, a verdade é que mais vale o parlamento que ele retrata - e que todos em toda a parte sempre assim retrataram porque não podem ser retratados doutra maneira - do que não termos parlamento. Ou então termos uma farsa de parlamento - com outros "parlamentares" - que nunca poderia ser comentado em público da forma como Pedro Mexia o fez. Como penso que Pedro Mexia é não apenas "democrata" mas, sobretudo, homem moderado inteligente e, ao menos, com algum bom senso e bom gosto, é que me parece que o texto dele no DN não é para levar a sério. É muito mais um exercício literário do que um exercício de comentário político. De qualquer modo, note-se, o tema não é nada original. Mas também quanto isso estou certo que Pedro Mexia concordaria comigo.

3:18 da tarde  
Blogger JSA disse...

Ah, assim entendo melhor a dúvida. Nesse aspecto concordo, aliás, o próprio PM parece ter decidido escrever daquela forma precisamente por a política não ser um dos seus interesses. Digamos (e aqui também não quero "colocar-lhe" ideias que não tenha) que foi a forma que encontrou para satisfazer o tal pedido do DN.

De resto obviamente que concordo: antes um Parlamento com figuras deste tipo que uma falta do mesmo. Ainda assim, e aqui até admito que possa estar a ser ingénuo, não vejo quem, de forma séria, possa propôr o fim do parlamento a não ser num desabafo inconsequente.

3:40 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home